Serviços de Apoio

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt

Coordenadora Hospital Padre Américo: Enfermeira gestora Carla Barros

Coordenadora Hospital de Amarante: Enfermeira gestora Paula Guimarães

A atividade SEC tem como âmbito:

 

«Prestação de Serviços de desinfeção e/ou esterilização de dispositivos médicos reutilizáveis (DMr), no Hospital Padre Américo do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).»

 

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

 

O SEC está certificado pela norma ISO 9001 desde março de 2006:

Política de Qualidade, Ficheiro PDF

 

PRINCÍPIOS da política da qualidade

 

O enfermeiro Gestor do SEC em parceria com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, estabeleceram para o Serviço a política da qualidade com um enquadramento formal para a definição de objetivos de desempenho, observando o cumprimento dos requisitos legais, normativos, de clientes e do Sistema de Gestão da Qualidade, a satisfação das partes interessadas e a promoção da melhoria contínua, a qual deverá reger-se pelos seguintes princípios:

  • Garantir o reprocessamento de todos os dispositivos médicos reutilizáveis do HPA e entidades clientes; necessários à prestação de cuidados, segundo normas que assegurem a qualidade técnica e otimização de recursos;
  • Estabelecer relações de parceria com as partes interessadas relevantes;
  • Monitorizar a gestão, controlo e validação dos equipamentos necessários ao reprocessamento de dispositivos médicos;
  • Promover a formação e atualização contínua dos profissionais;
  • Promover as necessárias ações junto dos utilizadores para uma correta gestão dos dispositivos médicos descontaminados e esterilizados.

 

O Serviço de Esterilização tem por base as seguintes atividades do reprocessamento:

  • A recolha/receção de todos os DMr utilizados nos serviços clientes;
  • A descontaminação por lavagem – efetuada mecanicamente, exceto quando os DMr não o permitam de acordo com as instruções do fabricante;
  • A verificação da conformidade do DMr em limpeza e aptidão para a função e respetivo empacotamento com sistema de barreira adequado definido de acordo com as características dos DMr e as indicações do fabricante. Cada embalagem possui identificação, que permite aos Serviços uma referência para registo e rastreabilidade;
  • Os Registos envolvidos para garantia da informação;
  • A Esterilização a vapor saturado com pré vácuo e em regime de subcontratação de serviços com o Hospital de S. João o processo de esterilização a baixa temperatura (plasma ou oxido etileno);
  • O Armazenamento em ambiente controlado;
  • A Entrega de DMr esterilizados aos serviços clientes.

Desde setembro de 2017 que o Hospital Padre Américo tem contratualizada a prestação de serviços de esterilização aos ACES Norte e Sul numa parceria que tem resultado na satisfação de ambas as partes.

Desta forma, o SEC pretende assegurar através das atividades o reprocessamento de todos os DM reutilizáveis dos clientes internos e externos, necessários à prestação de cuidados ao utente, que garantam qualidade técnica e otimização de recursos, visando a excelência e a satisfação das necessidades e expetativas das partes interessadas.

Em gráfico, a evolução da produção em Unidades de Esterilização (UE) no último triénio:

OS COLABORADORES do SEC

 

Trabalham com o propósito de defender o direito do doente à saúde e são verdadeiros embaixadores na prevenção de infeções.

São assistentes operacionais de categoria profissional, com uma descrição de funções muito específica e diferenciadora de competências, que garantem as várias áreas operacionais do reprocessamento de DMr.

Um assistente técnico que garante toda a dinâmica de documentação interna e externa.

Um enfermeiro generalista que promove supervisão e entreajuda.

Um encarregado operacional que promove a gestão do horário e outras atividades inerentes.

Um enfermeiro gestor que garante a estrutura de suporte às necessidades operacionais, à gestão do sistema da qualidade, do risco operacional da atividade e à articulação com as partes interessadas relevantes no processo.

Contactos:

Telefone: 255 714 000
Email: esterilizacao@chts.min-saude.pt