Acolhimento aos novos médicos internos

No início de janeiro, no Hospital Padre Américo, foi realizado o acolhimento de 83 novos médicos internos.

2024-01-19

Destes 83 internos que iniciaram a sua formação, 55 são Internos de Formação Geral e 28 são de Formação Específica, distribuídos pelas especialidades hospitalares de Medicina do Trabalho, Otorrinolaringologia, Psiquiatria, Cardiologia, Medicina Interna, Pneumologia, Anestesiologia, Medicina Física e de Reabilitação, Pediatria, Ortopedia, Medicina Intensiva, Psiquiatria da Infância e da Adolescência, Ginecologia /Obstetrícia, Cirurgia Geral, Endocrinologia e Neurologia.

Tendo em conta o novo contexto de Unidade local de Saúde do Tâmega e Sousa, importa também referir que os Cuidados de Saúde Primários contam com 20 novos internos de Formação Geral, nas especialidades de Medicina Geral e familiar e Saúde Pública.

Nota: Com o arranque de 2024, entraram também em funcionamento 31 novas Unidades Locais de Saúde (ULS), que se juntam às 8 já existentes.
A Unidade Local de Saúde Tâmega e Sousa (ULSTS) resulta da integração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa com os ACeS do Tâmega I – Baixo Tâmega, com exceção do Centro de Saúde de Celorico de Basto, do Tâmega II – Vale do Sousa Sul e do Tâmega III – Vale do Sousa Norte.

O que é o Internato Médico?

O internato médico realiza-se após a licenciatura/mestrado integrado em Medicina e corresponde a um processo de formação médica, teórica e prática, que tem como objetivo habilitar o médico ao exercício da medicina ou ao exercício tecnicamente diferenciado numa determinada área de especialização, com a atribuição do correspondente grau de especialista.
Durante o ano de Formação Geral, o médico tem oportunidade de contactar com vários serviços e com a realidade hospitalar. Após este ano, segue-se a Formação Específica, um período de especialização que poderá durar entre quatro e seis anos.

Partilhar: